Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Como já tinha referido num post anterior, li os livros da autora publicados em Portugal. Por isso, quando este saiu, não hesitei.

Nada aconteceu como eu esperava e vi-me enredada numa situação angustiante e tão real que podia bem passar-se mesmo ao meu lado. Mais uma vez, com o México como pano de fundo e a condição da mulher como tema implícito, Sandra Sabanero envolve-nos numa teia que pesa e dói. Por isso, deixo umas frases simples arrancadas ao meu sentir...

 

 

A história é uma forma de dominação política, social e sexual, contada de foma crua (e cruel).

É um romance pleno de suspense e drama, com o qual muitos se identificarão... A autora mistura, de forma muito criativa, a realidade dolorosa com os sonhos e mundos imaginários que as suas personagens desejam alcançar. À força do sofrimento, estas vão avançando na vida e crescem, formando o seu carácter. O desejo que as move de subir na vida tem um preço e rapidamente nos vemos no mundo do narcotráfico... Um mundo que arrepia pela sua crueldade e frieza.

E desta imagem da corrupção irrompe Camila. A mulher pobre, humilhada, sofrida, que um dia procurou um adivinho. A mulher que enfrenta, com uma coragem ímpar, aqueles que na verdade detêm o poder, acreditando - até ao fim - na mudança do seu país.



publicado por I.M. às 20:21
Em torno de livros e escritos. À volta de histórias e estórias...
Na Prateleira...
Shelfari: Book reviews on your book blog
Estou a ler...

Steven Saylor, Empire

pesquisar neste blog
 
links