Domingo, 28 de Março de 2010

Há algum tempo que não passava por aqui. Às vezes acontece...Mas estou de volta, para deixar mais algumas impressões do que fui lendo. Li Ken Follet na sua vertente histórica. Gostei muito. Mesmo muito. Agora não deixei escapar a hipótese de me embrenhar no meio de espiões que vêm do deserto...


Espiões, sedução, suspense… Tudo num romance que nos leva às ardentes areias do Norte de África, durante a Segunda Guerra Mundial. Um thriller (cinematográfico) que nos transporta aos meandros da espionagem e da contra-inteligência. Uma história inteligente, cuja localização espacial cativa o leitor do início ao fim. É, no entanto, uma história sobre a clássica luta do Bem e do Mal. As personagens, como sempre, parecem muito humanas e cheias de fortes motivações… E, por isso, tipicamente, vemo-nos do lado dos “bons”…

Mas este é um romance de lutas quase pessoais no marco do conflito bélico. Esta combinação resulta numa obra atraente e quase real... Não é o meu estilo preferido, mas confesso que, depois de ter lido os romances históricos do autor, não resisti a este seu lado de espionagem. Uma leitura simples, mas muito agradável. Uma história cheia de acção, de intrigas e de espionagem (claro!). Confirma-se aquilo que eu já pensava do autor: em cada uma das suas obras consegue que o leitor fique preso desde a primeira linha até ao final.



publicado por I.M. às 12:06
Pois!!!! Lembras-te onde anda o teu Ken F....ali a olhar para mim!!!!!!!
Será desta que o vou ler?????? só tenho duas semanas...
Bjkas!!!
avelaneiraflorida a 28 de Março de 2010 às 21:17

Em torno de livros e escritos. À volta de histórias e estórias...
Na Prateleira...
Shelfari: Book reviews on your book blog
Estou a ler...

Steven Saylor, Empire

pesquisar neste blog
 
links