Sexta-feira, 09 de Abril de 2010

Saiu no dia 16 de Março o novo livro de Sarah Addison Allen. Comprei-o e li-o nesse mesmo dia. Entrei num mundo mágico (como sempre acontece quando leio os livros dela) e esperei. O meu medo era que a decepção pudesse acontecer… Mas não. Mais uma vez saí fascinada e com pena de ter chegado ao fim.

Uma leitura mágica e fresca que, espero, chegue a Portugal ainda antes do Verão.

 

Sarah Addison Allen não escreve. Pinta belíssimas imagens com as suas palavras (mágicas). O tipo de palavras que quase se pode  saborear…

Como um copo de chá doce gelado num quente dia de Verão, este romance é refrescante, rico e deliciosamente sulista.

A história gira em torno de segundas oportunidades sem se tornar, no entanto, sentimentalista ou lamechas. Magicamente, está imbuída de erros, perdão e capacidade de fazer as pazes com o passado. Muito bem escrita, a galeria de estranhas personagens que a povoam surge vívida e cativante. Apaixonamo-nos por todas elas e dificilmente escolhemos uma como eleita. E aí reside a força da autora: agarra o comum, o ordinário, e torna-o  tão mágico como a vida pode ser.

O romance entrelaça o poético e o fantástico e mostra como a história escrita pelos nossos familiares não tem que ser a nossa. O nosso passado pode contribuir para o nosso futuro, mas não tem que o ditar…

Místico e mágico como uma colher de açúcar a brilhar ao sol, o romance conta uma história que nos dá uma lição de amor, de aceitação, de redenção, de novos inícios…tudo embrulhado num livro encantador, com um doce sabor a menta…



publicado por I.M. às 17:23
Sua crítica ao livro lembrou-me de quando li Tomates Verdes Fritos a primeira vez. Deu-me vontade de lê-lo imediatamente e espero que já tenha sido lançado aqui no Brasil. rs

Gostei de seu canto de leitura, aconchegante e com boas sugestões. Espero que não se incomode caso eu o linke em meu cantinho, ok?

Um abraço e bom domingo pra ti!
Stella (Cris Vieira) a 11 de Abril de 2010 às 09:14

Mas como é que toda a gente tem tempo para descobrir estas coisas lindas e eu..NÂOOOOOOO!!!!!!
Quero ir para casa!!!
avelaneiraflorida a 25 de Abril de 2010 às 17:02

Pois sim, é um livro muito bonito que li ano passado, foi excelente para mim porque li no momento ideal, parecia que tudo estava escrito para mim!!! O recomendo :)
libido feminina a 8 de Junho de 2010 às 15:39

Não aguentei a espera. Tive mesmo de o encomendar, e o lerei em inglês. Deve estar prestes a bater-me á porta! É sempre bom para uma estudante do secundário ler em inglês.
Deve estar prestes a bater-me á porta!
Um abraço,
Catarina Ventura.
Spang a 30 de Agosto de 2010 às 22:31

Em torno de livros e escritos. À volta de histórias e estórias...
Na Prateleira...
Shelfari: Book reviews on your book blog
Estou a ler...

Steven Saylor, Empire

pesquisar neste blog
 
links