Domingo, 17 de Outubro de 2010

Já ando há algum tempo para falar deste livro. Comprei-o e li-o quase de imediato, pois atrai-me a história da China e, sobretudo, o papel das mulheres nessa civilização tão distante (e tão próxima) da nossa. É uma excelente leitura que vivamente recomendo.

 

Nesta obra, a autora parte do pressuposto de que às vezes nos faltam palavras para expressar o sofrimento que nos atinge.

Numa primeira leitura, o romance parece uma complicada história de amor. Mas lendo o livro com alguma atenção, percebemos que há muito mais. O argumento é sobretudo uma desculpa para aprofundar a história “doméstica” da China que se torna uma  superpotência, com uma tradicão cultural fortíssima. Percorremos uma história de três gerações de mulheres durante um século de História da China e a complexidade das vivências pessoais é semelhante à da evolução de um país que passou de um regime feudal ao moderno capitalismo. E a impressão que o leitor tem da história é idêntica à de um gigantesco moinho a girar ao vento: anda em espiral, ganha força e arrebata tudo o que aparece no seu caminho. São assim as histórias das personagens que vamos conhecendo – personagens sobretudo femininas que chegam, partem e regressam…

Mais do que um romance de acção, este é um romance de reflexão. Elegante, não se pode ler com a voracidade de um leitor compulsivo. É precisa a paciência do construtor de miniaturas, para se saborear a escrita ligada às pequenas coisas do quotidiano. Uma escrita com retrocessos e avanços como só o pode ser a “escrita da memória”

É um livro muito interesante, porque estando escrito de um ponto de vista feminino, nos mostra a imensa quantidade de detalhes sobre a vida da mulher na China.

O estilo é simples. As frases são simples, mas construídas de tal maneira que prendem o leitor.

Um livro para saborear que nos deixa…sem palavras.

 

 



publicado por I.M. às 14:15
Sim, muitas vezes não há palavras...
Obrigado por mais uma sugestão de leitura.

Resto de bom domingo!

Amizade.
Joaquim Moedas Duarte a 17 de Outubro de 2010 às 16:25

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Em torno de livros e escritos. À volta de histórias e estórias...
pesquisar neste blog
 
links